Estresse

Ainda que não seja considerada uma doença de fato, o estresse é um protagonista nos consultórios médicos de diversas especialidades, como, cardiologistas e psiquiatras.

Estresse é uma reação física normal do organismo de todos os seres humanos quando expostos à estímulos externos.

Herdamos dos nossos antepassados esse padrão de comportamento em resposta às ameaças dos antigos predadores, onde nosso corpo primitivo se preparava para nos proteger dos possíveis ataques. Quando nosso corpo entra em estado de alerta, hormônios e substâncias químicas são liberados e se transformam em reações físicas, como elevação dos batimentos cardíacos e suor.

Em pleno século XXI, os indivíduos não precisam mais se proteger dos predadores, as ameaças são outras, ter que literalmente, lutar para se manter empregável, educar filhos, cuidar da família e pagar contas, são apenas alguns exemplos das fontes de estresses atuais.

O estresse se torna um problema quando esse estado de alerta que o corpo apresenta permanece por muito tempo acionado, podendo trazer prejuízos à saúde física e psíquica do indivíduo.

Muitos estudos mostram que elevados níveis de estresse podem ocasionar problemas cardíacos mesmo em pessoas que não possuem pré-disposição genética, além de potencializar o desenvolvimento de doenças existentes.

Grande parte da população sofre ou já sofreu de estresse, e conseguir lidar com esse turbilhão sentimentos e sensações não é uma tarefa nada simples. Sabemos da complexidade desses temores e dispomos de terapeutas especializados para ajudá-lo a compreender e superar esses obstáculos de forma mais saudável possível.

Entre contato conosco, estamos aqui para te ajudar!

Síndrome de Burnout

E quando o estresse evolui no campo profissional? O cansaço e a exaustão podem se transformar em doença.

A Síndrome de Burnout é conhecida pelo esgotamento físico e mental diretamente ligado à vida profissional do indivíduo. É como se o corpo e mente entrassem em ebulição pela sobrecarga de atividades, demasiadas horas de dedicação as tarefas do trabalho, além de elevados níveis de pressão psicológica geradas em um ambiente corporativo doente.

Ainda que os profissionais da saúde sejam os mais afetados por essa síndrome, não há restrições de perfil, qualquer profissional, de qualquer área, pode desenvolver um esgotamento dessa amplitude, por isso, devemos estar sempre atentos às nossas emoções e comportamentos.

Os sinais de esgotamento são notados nas formas emocionais e físicas, através de quadros depressivos, baixa autoestima, perda de interesse pelo trabalho, sentimento de fracasso, além de todos os sintomas sentidos pelo corpo, como cansaço excessivo, dores musculares, insônia, cefaleia e até mesmo disfunções sexuais.

Fique atento, receber um diagnóstico precoce é muito importante para um tratamento mais efetivo com menos danos à sua saúde. Um médico especializado auxiliará no diagnóstico e direcionará o tratamento, que poderá ser feito com uso de remédios, e principalmente, de terapia.

No mundo em que vivemos e até mesmo o momento econômico que estamos enfrentando, já trazem uma carga para a nossa vida profissional, e somado os demais fatores de estresse que somos expostos diariamente, é preciso ter muita cautela para não perder o controle da situação.

O Instituto Elaborar conta com terapeutas especializados que irão te dar o suporte necessário para superar essa doença, ressignificar essas experiências de forma saudável e personalizada, respeitando o seu momento e suas dores. Estamos com você!

Agende sua
Sessão Conosco!

Default Text

Agende sua
Sessão Conosco!